quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Citações - One Tree Hill

George Elliot escreveu uma vez:
"Não há desespero tão absoluto como aqueles que vem com os primeiros momentos de nossa primeira grande tristeza. Quando não sabemos ainda o que é ter sofrido e ter se curado. Ter se desesperado e ter recuperado a esperança."

Sr Whitney diz:
"Realmente na vida se a gente espera alcançar as coisas de forma como imaginamos, nem sempre alcançaremos. E alcançar por caminhos que nem mesmo nós conhecemos é não ter medo de viver."

Ida Scott Taylor escreveu:
"Não olhe pra trás e lamente o passado, por não existir mais. E não se aflita porque o futuro ainda está por vir. Viva no presente, e o torne tão bonito que valerá a pena ser relembrado."

Pascal diz:
"O Coração tem razões que a própria razão desconhece."

sábado, 9 de outubro de 2010

Detonautas - Nada é Sempre Igual


Eu sei tá tudo diferente
Nada é mesmo igual pra sempre
O tempo muda a gente o tempo inteiro
As flores mudam na estação
Os dias claros do verão que acabou.

Talvez eu seja mesmo um cara um pouco estranho
Difícil de aceitar, difícil de entender e assim...

Um amo não precisa ser igual pra sempre
E se você quiser de mim
Tem que me aceitar assim, como eu vim.

Eu sei o mundo é tão estranho
E pra ser feliz aqui
Temos que encarar que nos perdemos
Nada é sempre igual
As flores crescem no jardim e então...

Um amo não precisa ser igual pra sempre
E se você quiser de mim
Tem que me aceitar assim, como eu vim.

Um amor, meu amor
Meu amor.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Dúvidas



Noites e mais noites sem dormir
Pensando, no que ainda pode acontecer
Palavras e olhares
Que não saem da minha memória
Fecho os olhos e procuro respostas
Das perguntas que eu nunca te fiz.

Talvez seja melhor eu nem te ouvir
Fingir que nada aconteceu
Esquecer de tudo
E seguir sozinho
Desviando meu caminho do seu.

Por dentro eu escondo o sofrimento
E choro por não te esquecer
E tento na rotina dos meus passos
Apenas te entender
Lembranças que perseguem meus momentos
E o vento que não venta mais
Promessas quebradas ao silêncio
E o consolo que não me satisfaz.

sábado, 2 de outubro de 2010

Perfeição ou Seria Imperfeição?


(...)Vamos celebrar a estupidez humana, a estupidez de todas as nações.
O meu país e sua corja de assassinos, covardes, estupradores e ladrões.
Vamos celebrar a estupidez do povo, nossa polícia e televisão.
Vamos celebrar nosso governo e nosso estado que não é nação.
Celabrar a juventude sem escolas, crianças mortas, celebrar nossa desunião. (...)
(...)Vamos comemorar como idiotas a cada fevereiro e feriado.
Todos os mortos nas estradas, os mortos por falta de hospitais.
Vamos celebrar nossa justiça, a ganância e a difamação.
Vamos celebrar os preconceitos, o voto dos analfabetos.
Comemorar a água podre e todos os impostos, queimadas, mentiras e sequestros
Vamos celebrar a fome, não ter a quem ouvir, não se ter a quem amar.
Vamos alimentar o que é maldade, vamos machucar o coração.
Vamos celebrar nossa bandeira, nosso passado de absurdos gloriosos.
Tudo que é gratuito e feio, tudo que é normal.
Vamos cantar juntos o Hino Nacional, a lágrima é verdadeira.
Vamos celebrar nossa saudade e comemorar a nossa solidão.
Vamos festejar a inveja, a intolerância e a incompreensão.
Vamos festejar a violência e esquecer a nossa gente,
Que trabalhou honestamente a vida inteira e agora não tem mais direito a nada.
Vamos celebrar a aberração de toda a nossa falta de bom senso, nosso descaso por educação.
Vamos celebrar o horror de tudo isso com festa, velório e caixão.
Ta tudo morto e enterrado agora já que também podemos celebrar.
A estupidez de quem cantou essa canção. (...)