quinta-feira, 26 de abril de 2012

Verdades e Mentiras

Às vezes mentimos por necessidade. Às vezes por curiosidade, outras vezes para encobertar pessoas. Às vezes mentimos para nos defender, às vezes por vingança.
A mentira é considerada pecado porque ela é fácil de ser feita.. ela corrompe as pessoas.
Já dizia Renato Russo: "E mentir é fácil demais."

A verdade está nos olhos, na mente e no coração de quem acredita. É mais fácil as pessoas acreditarem que estamos mentindo, do que acreditarem que estamos sendo verdadeiros. Porque a mentira sempre prevalece sobre a verdade?

Não sei as respostas para essas colocações. Mas sei que talvez eu dei motivos para que houvesse desconfiança sobre mim. Mas pra tudo tem um limite! Talvez isso aconteceu para que eu pare de ser alguém que não sei ser. Mentir por vingança? Chego a ficar com nojo de mim. Isso não se faz.
Eu não sou assim. Isso fez colocar todo um relacionamento a prova. Eu nunca fui tão verdadeiro na minha vida inteira. Eu acredito na verdade que dizem, que conhecemos alguém e faz nossa vida inteira mudar, aconteceu comigo e eu bato nessa tecla até o dia que eu parar de respirar.

Me coloco no lugar dela, e me acho tudo o que ela achou de mim. Tudo se direcionou para que eu fosse um idiota mentiroso. E de novo, senti nojo de mim. Talvez, seria melhor que eu fosse assim. Mas não sou! Agora, nunca mais ela vai conseguir acreditar em mim completamente. E eu, por causa de um orgulho idiota, por querer sentir o gosto do desprezo, estou correndo o risco de perder a pessoa que mais amo na minha vida. Fazer ela acreditar em mim de novo não vai ser fácil. Não vou julgá-la, ela tem o direito de me odiar.

O silêncio é o pior castigo. Não saber o que ela está pensando me deixa tenso, me deixa triste. Eu nunca faria nada para magoar a mulher que eu amo. Sempre fomos amigos, sempre seremos. Se ela ainda me quiser por perto. Não fiz, o que ela acha que fiz. Fui vitima da mesma forma que ela. Não sei ainda quem mandou aquele SMS, a hipótese de ter sido enviado por engano continua, mas por mim? Mesmo entendendo tudo que ela passou, acho que ela não podia ter pensado isso de mim.

Pra concluir. Se é que alguém lê algo que escrevo, não mintam galera! Pra ninguém. Omitir, é diferente de mentir. Venho omitindo algo de pessoas que eu amo por muito tempo, e não vem sendo fácil... ainda não consegui me abrir para eles. Mas, mentir não. Dei um basta no que eu estava fazendo, me sinto melhor em parar de ser vingativo. Não sei se vou conseguir dormir.. muitas coisas estão acontecendo na minha vida ao mesmo tempo. As coisas boas vem tudo de uma vez, e as ruins também.

Só espero poder resolver logo isso, tentar recuperar a confiança dela. Querem saber o que é dor e tristeza? Imaginem ficar longe da pessoa que mais te faz feliz.

A lição de hoje é que: Diga a verdade ao menos uma vez na vida. Seja verdadeiro sempre! Confie e acredite!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

O Adeus

"Relacionamentos:

Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida.

Detesto quando escuto aquela conversa:

- Ah, terminei o namoro...
- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...
- Cinco anos.... que pena... acabou...
- é... não deu certo...

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.


Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.

Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.

Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.

Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.

Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.

Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.

E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...

Acho que o beijo é importante... e se o beijo bate... se joga... se não bate... mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.

Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.


Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar... ou não.


Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.

O ser humano não é absoluto.

Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama.

Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?

O legal é alguém que está com você, só por você. E vice-versa. Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós.


Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.


Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?


Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração... Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.


E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.


Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.


Na vida e no amor, não temos garantias.

Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar... ou se apaixonar... ou se culpar...

Enfim...quem disse que ser adulto é fácil?"
 
 

domingo, 22 de abril de 2012

CPM 22 - Crise de Existência

Nunca foi mais do que uma ilusão
Promessas sem cumprir
Não vou mais me iludir aqui
Minha paciência se esgotou
Vou procurar por mim
Em algum lugar que me perdi

Não sei ao certo qual é a direção
Começarei pelo meu coração
Que um dia já me pertenceu, que um dia já...

Vivo com a esperança de que um dia eu,
Consiga me curar, poder amenizar a dor,
O meu mundo desapareceu
Ninguém quer me escutar
Nem sinto minha presença aqui

Não sei ao certo qual é a direção
Começarei pelo meu coração
Que um dia já me pertenceu,
Que um dia já...

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Reflexão

“Um dia me disseram que as nuvens não eram de algodão,
Um dia me disseram que os ventos também erram a direção”

                Qual o verdadeiro preço da pureza? A ignorância é uma dádiva e buscar a verdade absoluta sobre todas as coisas te trará um fardo às vezes pesado demais.

“Quem quer saber tudo isso será que aguenta a pressão?”

            Alguém tem aí um mapa com lápis-de-cor da vida real? O livre-arbítrio é muito mais livre na teoria que na prática, cada um tem um caminho mais ou menos traçado e teu arbítrio não é tão livre assim de palpites, muros e buracos. A certeza é que os erros mais importantes da vida a gente só realmente aprende quando a gente passa por eles. Não importa quantas vezes te digam que determinado caminho não está certo, ele só existe quando você passa. Vivemos nessa vida acumulando experiências, aprendendo a viver e no final cometendo os mesmos erros.

“Os tempos são outros, os erros os mesmos”

            E nessa busca infinita de tentar ser o melhor que podemos ser acabamos por descobrir que não é tão fácil assim, as nuvens não são de algodão e os ventos também erram de direção. Tentar descobrir o que é verdade e o que é ilusão é a filosofia da vida. A verdade é que quanto mais o tempo passa menos certeza temos, e querer saber o verdadeiro sentido das coisas, é querer saber demais.


http://enghawonline.com/blog/segura-a-onda/

domingo, 15 de abril de 2012

O que vocês fariam pelas pessoas que mais amam na vida?
Já pararam pra pensar nisso?
Fariam tudo, mas tudo o que?
Abrir mão do que sonhamos a vida toda é o principal motivo.


O que vocês fariam?

É o que estou fazendo. Ninguém precisa saber o que é.
Não é pra impressionar.
É o certo! É o que sou!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Anita Wadley

“Quando eu estiver, no quarto, construindo um edifício de
bloco. Por favor, não diga que eu “estou apenas brincando”. Já que,
entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco. Sobre equilíbrio e
forma.
Quando você me vir sentado em uma cadeira “lendo”, para
uma audiência imaginária. Por favor, não ria e não pense que eu
“estou apenas brincando”. Já que, entenda, eu estou aprendendo
enquanto brinco. Algum dia eu posso ser um professor.
Quando você me vir recolhendo insetos ou colocando coisas
que encontro no bolso. Não os jogue fora como se eu “estivesse
apenas brincando”. Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto
brinco. Algum dia eu posso ser um cientista.
Quando você me ver aprendendo a saltar, pular, correr e mover
o meu corpo. Por favor, não diga que eu “estou apenas brincando”.
Já que, entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco. Eu estou
aprendendo como meu corpo trabalha. Algum dia eu posso ser um
médico, uma enfermeira ou um atleta.
Quando você me perguntar o que fiz na escola hoje. E eu
responder: “Eu brinquei”. Por favor, não me entenda mal. Já que,
entenda, eu estou aprendendo enquanto brinco. Eu estou aprendendo
apreciar e ser bem sucedido no trabalho. Eu estou preparando-me
para o amanhã. Hoje, eu sou uma criança e meu trabalho é brincar.”

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Fé!

As coisas boas vão e vem. 
Você vai encontrar muitas dificuldades.
Seu mundo até pode desmoronar por diversas vezes. 
Mas, ainda sim, vale a pena viver. 
Vale a pena levantar a cabeça e seguir em frente.
Vale a pena sonhar.